PM intensifica combate a roubos e furtos de veículos em Niterói

A Polícia Militar tem intensificado o combate a crimes de roubo e furto de veículos em Niterói. Enquanto o primeiro ainda possui índices animadores referentes ao mês de outubro, o segundo apresentou a maior diminuição em números totais da Região Metropolitana. Apenas na madrugada desta quarta-feira (3), pelo menos dois automóveis foram recuperados.

Uma equipe do 12º BPM (Niterói), que estava baseada no Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), no Fonseca, foi informada que um carro, modelo Fiat Pálio, cor azul, com registro de furto, estava próximo ao local. Foi feito um cerco e o carro foi abordado. No interior, estava o suspeito, que não reagiu. O carro foi recuperado e o homem preso em flagrante. A 76ª DP (Niterói) fez o registro.

Também na madrugada, uma equipe de Patrulhamento Tático-Móvel (Patamo), em policiamento pela Ladeira do Quebra, na Engenhoca, encontrou um Renault Sandero abandonado, com as portas abertas e sem as chaves. Os agentes descobriram que o veículo havia sido roubado momentos antes, em São Gonçalo, e a vítima estava na 73ª DP (Neves) fazendo o registro. O carro foi recuperado e entregue à seguradora sem avarias.

Dados preliminares

O batalhão divulgou os dados preliminares para o mês de outubro, no que diz respeito ao crime de roubo de veiculo em Niterói e Maricá, cidades atendidas pela unidade. No mês passado, foram registrados 24 casos. A meta estipulada pelo batalhão era de 48, ou seja, a região conseguiu reduzir pela metade o número de ocorrências.

Acumulado do ano

Dados mais recentes do Instituto de Segurança Pública apontam que Niterói manteve, nos nove primeiros meses de 2021, exatamente o mesmo quantitativo de roubos de veículos somado no mesmo período, no ano passado. Neste ano, a cidade contabilizou 383 casos, o mesmo número registrado nos nove primeiros meses de 2020.

Já o furto de veículos registrou a menos redução total no número de casos da região metropolitana. De janeiro a setembro deste ano, a cidade contabilizou 324 ocorrências do tipo, contra 373 registradas no mesmo período, em 2020. Isto representa redução percentual de 13,1%. Os dados também são do Instituto de Segurança Pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.