PM é denunciado por tráfico de drogas

De acordo com uma denúncia recebida pela 2ª Vara Criminal de São Fidélis, um policial lotado no 12⁰ BPM (Niterói) junto com mais quatro homens praticavam o crime de associação criminosa no município, na região Norte Fluminense. Foram apontados pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ) como autores do crime o policial Divan Pacheco Marins, Gabriel Guimarães Palagar, Carlos Gustavo Ferreira Vieira, Paulo Emílio Sardenberg de Almeida e Silva e Laedson Roberto Moreira Ribeiro, apelidado de “Roberto Tarado”.


Segundo as informações do Ministério Público, os acusados estariam ligados ao traficante Gustavo Cordeiro Machado, conhecido como “Coruja”. O criminoso foi preso em 2014 pelo Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça (GAP/MPRJ) de Campos dos Goytacazes. Durante a operação foi aprendido material entorpecente.

Ainda de acordo com o órgão o policial levava as drogas do Rio para o município de São Fidélis onde encontrava com os demais membros da organização. Os lucros, segundo o inquérito, eram divididos entre o policial e os fornecedores e assim era feita uma tabela de preços sobre o material.

Procurada por nossa equipe de reportagem a assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar esclareceu que, o comando do 12º BPM (Niterói) não foi notificado sobre o referido inquérito e que o policial em questão está trabalhando administrativamente na Unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =