Covardia: PM é atacado e morto em Itaboraí

Retaliação de traficantes. Essa seria a principal linha de investigação para esclarecer o assassinato do cabo da Polícia Militar Rodrigo Marques Paiva, lotado no 35° BPM (Itaboraí). O militar foi atacado a tiros, na noite de quinta-feira (17) no Conjunto BNH, em Marambaia, onde residia.

O crime revoltou colegas e familiares do cabo. Ainda na noite de quinta o 35º BPM ocupou a localidade onde ocorreu o crime. Segundo informações, Rodrigo estava de folga, lanchando num trailer, quando criminosos em um carro e uma motocicleta se aproximaram e atiraram. O clima ficou muito tenso na região com o cerco policial.

Rodrigo tinha 35 anos, era casado e tinha quatro filhos. Ele estava há nove anos na Polícia Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *