PM destrói buncker do tráfico na Viradouro

Pelo segundo dia consecutivo policiais destruíram barricadas e esconderijos de traficantes de Niterói. Desta vez a localidade escolhida foi a Comunidade da Viradouro, na Zona Sul da cidade, onde os militares encontraram um ‘bancker’ usado por criminosos para se proteger e atirar contra os policiais que entravam na comunidade. No início da ação de ontem do 12º BPM (Niterói), que contou com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope), houve registro de confrontos, mas até o fechamento desta edição, não haviam feridos.

Depois de remover barricadas no Caramujo (na última terça-feira), a Polícia Militar foi ontem a Viradouro. Houve registro de confrontos logo que os militares entradam na comunidade, mas como em outras ocasiões o trânsito na Rua Mário Viana não precisou ser bloqueado. Com o local tomado, foi a vez da retroescavadeira do Bope entrar e começar a demolir as barricas.

A cada 100 metros os traficantes construiram quebra-molas altos para impedir a entrada de veículos blindados. Mas o que chamou a atenção foi uma construção de um ‘buncker’ que os criminosos fizeram. Ao lado de uma casa, foi erquido um telhado, além de conter bancos, sofás e restos de comidas e bebidas. Para a rua a PM encontrou um muro, com furos onde os criminosos colocavam os fuzis para atirar contra a Polícia e permanecer protegidos do revide. Utilizando a retroescavadeira os agentes do Bope colocaram tudo abaixo.

Na terça-feira, a Polícia destruiu um ponto estratégico para os traficantes do Complexo do Caramujo, um muro – que fica a cerca de 500 metros do DPO do bairro – usado como ponto de tiro para atacar os policiais militares. No final do ano passado, o DPO foi atacado deste mesmo ponto, em plena luz do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *