Planetário do Rio retoma observação com telescópio

O avanço da vacinação contra a Covid-19, a diminuição dos casos e as medidas de flexibilização para esse momento estão propiciando o retorno de várias atividades em todo o Rio. E uma ótima opção é o Planetário que segue os protocolos do Conselho Internacional de Museus (ICOM) e voltou com as atividades presenciais. E todas as quartas a partir das 19h, a observação do céu, com telescópio, é gratuita para a população. A distribuição de 100 senhas acontece às 18h30min e é por ordem de chegada.

O local ficou dois anos fechado por causa da pandemia do coronavírus e agora está normalizando os serviços oferecidos. Para a observação do céu, onde é possível ver de perto a lua e planetas e estrelas e outros objetos celestes, os visitantes dependem das condições climáticas, já que essa contemplação é ao ar livre. A observação é guiada por astrônomos.

O Museu do Universo também está aberto para visitação, mas não é gratuita, e tem três andares, sendo dois deles destinados a exposições temporárias e um (térreo) ocupado pela exposição permanente, que contém Experimentos Interativos e a Nave Escola. Segundo a instituição, o primeiro ensina de forma didática e lúdica a aprender conceitos básicos de Astronomia, como os eclipses e o funcionamento das marés, além de um vídeo sobre as descobertas astronômicas. E a Nave Escola leva em uma viagem pelo universo mostrando imagens incríveis de nebulosas e galáxias, pesquisa espacial e evolução da vida.

Outras atividades podem ser feitas na Sessão de Cúpula, que têm projeções com temática da Astronomia divididas em duas cúpulas: Galileu Galilei (90 lugares, tem tecnologia de ponta para projeção em formato 100% digital fulldome) e a Carl Sagan (260 lugares e projeções realizadas por projetores opto-mecânicos).

De acordo com a instituição, o Planetário do Rio, na Gávea, é o maior equipamento deste tipo na América Latina. Além disso o espaço ainda conta com a Biblioteca Giordano Bruno, com um acervo de, aproximadamente, 2,5 mil livros (reabertura programa para novembro/22); a Biblioteca Écio Salles, com um acervo de 1 mil livros com temática do Rio de Janeiro; o anfiteatro; o auditório Sergio Menge; e o Espaço Galileu, direcionado para recreação infantil.

Todas as vendas de ingresso serão feitas somente e apenas pela internet, pelo site https://planetario.dsiarena.com/ pois a bilheteria continua fechada. O Planetário fica na Rua Vice-Governador Rubens Berardo,100 na Gávea. Informações pelo telefone (21) 2088-0536 e Museu do Universo custa R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia). E o Museu + sessão de cúpula R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.