Pintor niteroiense morreu atropelado

A arte de Niterói teve mais uma perda irreparável nessa semana. Nesta quinta-feira (25) o pintor José Tolentino Filho, 82 anos, teve sua carreira interrompida por um trágico acidente de trânsito. Ele foi atropelado por um ônibus em frente à Estação das Barcas, no Centro, e não foi divulgada nenhuma informação sobre sepultamento do artista plástico.

João Tolentino Filho era niteroiense e tinha muito conceito no mundo das artes em todo o Rio de Janeiro. Segundo o portal Comitiva Arte Leilões ele era um ‘pintor de obra figurativa, com forte expressão do nu feminino (…) foi professor da Sociedade Fluminense de Belas Artes e a suas obras constam de diversos acervos e coleções públicas e particulares’. Entre os lugares que possuem obras do pintor o Museu Antônio Parreira, no Ingá.

O pintor tinha um ateliê na Rua Marquês de Caxias, no Centro, mas segundo relato de amigos estava passando por um momento difícil, emocional e financeiro. Não se sabe se ele foi atropelado pelo coletivo ou se resolver terminar com o próprio sofrimento. Até o fechamento dessa edição horário e local do sepultamento não foi divulgado pela família de Tolentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *