Pfizer entra com pedido de registro da vacina na Anvisa

Foi dado o primeiro passo para que a vacina contra a Covid-19 seja registrada e tenha autorização para distribuição no país. A farmacêutica Pfizer informou que deu início ao processo de pedido de registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

A empresa se reuniu com técnicos da Anvisa e o pedido de registro foi feito em uma modalidade criada pela agência para vacinas específicas contra a covid-19 com o objetivo de agilizar procedimentos de análise.

A empresa concluiu os testes e declarou que a vacina, denominada tecnicamente de BNT162b2, obteve 95% de eficácia no tratamento.

Os exames da fase 3, onde foram avaliados pacientes infectados e não infectados com o coronavírus, serão repassados em etapas junto com os dados da vacina. A fase contou com a participação de 43,6 mil pessoas de 150 locais de países diversos, como Estados Unidos, África do Sul, Argentina e Brasil. Aqui, foram incluídos no estudo 2,9 mil voluntários.

No Brasil, onde participaram 2,9 mil voluntários, o processo de estudo foi conduzido pelo Centro Paulista de Investigação Clínica, de São Paulo, e pelas Obras Assistenciais Irmã Dulce, em Salvador.

Também serão entregues informações sobre amostras de 38 mil pessoas que participaram dos processos de análise sobre a eficácia e a segurança da vacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 13 =