PF desarticula quadrilha de tráfico internacional de armas

A Polícia Federal deflagrou ontem com apoio da Receita Federal e dos Correios a Operação POBRA com o objetivo de desarticular grupo criminoso que atua na prática do tráfico internacional de armas de fogo e acessórios.

Foram expedidos 3 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de busca e apreensão e 1 de condução coercitiva para cumprimento nos municípios de São Gonçalo e Itaboraí. Também estão sendo cumpridos mandados no presídio de Bangu 4 em relação a um dos integrantes do grupo já preso anteriormente.

As investigações se iniciaram no dia 16 de fevereiro do corrente ano quando uma mulher foi presa em flagrante logo após efetuar a retirada na agência dos Correios em Alcântara, de uma encomenda oriunda da Polônia recheada de pentes de fuzis AK 47.

O Inquérito Policial apurou que um cidadão daquele país estrangeiro e sua esposa eram associados da mulher presa para a prática do tráfico internacional de armas. O polonês já havia sido preso em 2014 e era responsável pelo fornecimento do armamento para o tráfico no Morro da Alma em São Gonçalo. No decorrer das investigações, a PF já apreendeu 96 carregadores de fuzis AK 47 oriundos da Polônia e destinados ao grupo criminoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =