PF abre campanha de conscientização contra pedofilia

Maio é o mês dedicado à conscientização contra a pedofilia, e o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Contra Crianças e Adolescentes será celebrado no próximo dia 18. Num evento organizado pela Polícia Federal, o delegado da corporação Clayton Bezerra, criador do Instituto Federal Kids, informou que, devido ao isolamento social por causa da Covid 19, no dia 17 (domingo), a comemoração será realizada de forma virtual.

Ele pede que o pai ou responsável faça algum exercício ou uma sessão de ginástica em sua residência com seu (ou seus) filhos. Eles devem estar trajando uma peça de roupa laranja, que é a cor símbolo da campanha. Logo depois, podem enviar foto ou vídeo para o whatsapp (21) 9 6751-6504, com a frase “Todos juntos com a Polícia Federal no combate à Pedofilia”. Em retribuição, os participantes receberão, cada um, três livros E-book.

Na noite do dia 18 (segunda-feira) de maio será realizada uma live sobre o tema “Conscientização contra a Pedofilia”, pelas redes sociais (Instagram) do Instituto Federal Kids. O Evento será mediado pelo Delegado Federal Felício Laterça. O Instituto Federal Kids é um projeto do Sindicato Nacional dos Delegados de Polícia Federal, entidade que integra a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol). A corrida contra a Pedofilia é a atração principal do Federal Kids, mas o evento é voltado para a família como um todo, onde pais e filhos e responsáveis passam um período do dia visitando as atrações do local e tendo contato com o tema. Devido a pandemia de Covid 19, todas as atividades externas estão suspensas.

O delegado federal Clayton Bezerra revela que infelizmente “a pedofilia é um crime que vem crescendo exponencialmente, principalmente com o auxílio da Internet. A maioria dos abusadores possui algum vínculo com a família da vítima e também influência sobre a criança. Por não existir um perfil definido, a prevenção é a melhor arma contra este tipo de crime, daí a realização de um evento para colocar em pauta essa discussão”.

Ele ainda enfatiza para as pessoas:

“Não deixe que o medo e a vergonha sejam aliados deste tipo de crime. Denuncie: Disque 100”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 3 =