Pestalozzi e AFR suspendem atendimentos em Niterói

Duas principais instituições de recuperação de Niterói, Pestalozzi e a Associação Fluminense de Reabilitação (AFR), suspenderam suas atividades em decorrência do decreto de restrição da cidade que vai acontecer de 26 de março até 4 de abril. A interrupção do atendimento será a partir do dia 27, e os dois centros de reabilitações vão voltar o atendimento no dia 5 de abril. As consultas que estavam marcadas nesse período serão reagendadas.

A Associação Pestalozzi de Niterói, que fica na Região de Pendotiba, explicou que resolveu suspender todo o atendimento na área de saúde e reabilitação. A decisão foi tomada em comum acordo com outras instituições filantrópicas da área de reabilitação com sede na cidade e em comum acordo com a Fundação Municipal de Saúde e a Prefeitura de Niterói. Os agendamentos de pacientes previamente feitos serão reagendados e novas consultas serão marcadas a partir do dia 5, segunda-feira. O retorno será feito seguindo as determinações do poder público, visando a segurança não só de seus funcionários como dos pacientes e a comunidade em geral.

Desde o início da pandemia a Pestalozzi de Niterói vem atuando em comum acordo com os órgãos públicos e em sintonia com as instituições que fazem parte da rede de reabilitação de Niterói. O momento é crítico e devemos diminuir ao máximo a circulação de pessoas, visando o objetivo maior que é o de salvar vidas. Soma-se a isso o fato que nossos pacientes são, em sua maioria, pessoas com algum tipo de deficiência, que faz parte de uma parcela mais vulnerável à contaminação por Covid-19. Temos fé e esperança que iremos sair dessa”, afirmou o presidente em exercício da Pestalozzi, Carlos Alberto Consídera.

A AFR, em Icaraí, também considerou a situação da contaminação da Covid-19 na cidade. Em nota eles informaram que consideram as determinações das autoridades estadual e municipal, e ainda os atendimentos com a FMS para suspender os atendimentos. O retorno dos atendimentos no dia 5 de abril poderá ter alguma mudança, caso a direção tenha nova orientação. E o texto diz ainda que a instituição recomenda que todos se mantenham em casa e cumpram os protocolos de segurança evitando o risco de contaminação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + treze =