Pesquisadores da UFF desenvolvem máscaras de proteção facial em impressoras 3D

Um grupo de professores da Escola de Engenharia da UFF, formado por Marcio Cataldi, Daniel Henrique Nogueira Dias, Ivanovich Lache e Ricardo Carrano e o professor da Faculdade de Medicina Jano Alves de Souza, juntamente com o mestrando do Programa de Engenharia e Biossistemas (PEGB-UFF), Lucas Getirana de Lima, está desenvolvendo máscaras de proteção de baixo custo do tipo ‘faceshield’ em impressoras 3D. O objetivo é que sejam distribuídas aos profissionais de saúde na linha de frente contra a Covid-19.

A princípio, o grupo está criando o protótipo na casa dos pesquisadores e estudando algumas adaptações para que seja possível desenvolvê-lo na Escola de Engenharia.

A ideia surgiu com base no projeto público da máscara, desenvolvido pelo fundador da empresa de impressoras 3D ‘Prusa’. O professor Marcio Cataldi enfatiza ainda que o material utilizado para confecção das máscaras é de baixo custo, como acetato e silicone, além de possuir filamentos para impressora 3D.

“Quando entrarmos em modo de produção, vamos reunir várias impressoras 3D no hall da Escola de Engenharia da UFF para conseguirmos imprimir o maior número de máscaras possíveis”, explica.

A equipe já está recebendo pedidos dos mais diversos hospitais da região de Niterói e também do Brasil, a exemplo do Estado do Pará, e pretende começar sua distribuição ainda essa semana.

Futuramente os cientistas pretendem também desenvolver um respirador de baixo custo utilizando impressoras 3D. Nesse momento em que a colaboração coletiva pode ser decisiva para o controle da pandemia de coronavírus, os pesquisadores ressaltam que, acima de tudo, se sentem no dever de atender as demandas da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + seis =