Pescadores salvam gato que foi jogado da Ponte Rio-Niterói

Maus tratos contra animais é crime, que prevê de dois a cinco anos de prisão, pena que pode ser agravada em caso de morte do anima. Ainda assim, há quem insista em praticar crueldades contra os pets, das formas mais assustadoras possíveis. Em um dos casos mais recentes, um gato foi jogado, da Ponte Rio-Niterói, na Baía de Guanabara.

No entanto, o que parecia um destino trágico para o pobre bichinho, acabou sendo modificado. O gato foi salvo por caiaqueiros pescadores que, por sorte, passavam pela baía, na altura do Vão Central da Ponte. Os pescadores resgataram o bichinho que, embora tenha ficado encharcado, não aparentava ter tido ferimentos.

“Jogaram o gatinho lá de cima, da Ponte Rio-Niterói. Aí o amigo tá resgatando o gato. A gente vai levar ele lá pra terra. Maldade pura. Os caiaqueros fizeram essa boa ação aí”, afirmou um dos pescadores. “Maldade, né? Muita covardia, né? No meio da água”, prosseguiu outro caiaqueiro. Até o momento, não há informações sobre quem teria jogado o animal da Ponte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − seis =