Perseguição na Ponte termina com um homem preso

O paulistano Luciano Carvalho Vieira, de 45 anos, foi preso no início da tarde desta terça-feira (17) após roubar um carro em Botafogo, na Zona Sul do Rio, e acessar a Ponte Rio Niterói. Três pessoas, sendo dois policiais militares e um agente penitenciário, fizeram a prisão do homem que estava dirigindo um táxi em alta velocidade e cortando muitos veículos, colocando em risco os outros motoristas que trafegavam pela via.


Por volta do meio-dia dois agentes do programa Niterói Presente, Rafael Silveira e cabo Fábio Solermo, começaram a perseguir o taxista, cada um em seu carro. O agente da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) que tinha ido abastecer o veículo no Rio, Anderson Almeida percebeu a ação dos colegas e ajudou no cerco do carro. Já os dois policiais militares ainda estavam indo para Niterói começar o trabalho.

Solermo explicou que essa situação mostra a integração das forças.

“Isso mostra nossa integração e astúcia para juntos prendermos, mesmo em área Federal, um marginal que levantou a suspeita em nossa frente”, contou.

O militar Silveira contou que o táxi estava dirigindo perigosamente o que despertou a atenção para o caso.

“Mais a frente eu fechei ele e conseguimos a abordagem que teve ajuda de um colega da Seap. Ele estava sem arma mas estava com coldre”, frisou.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a equipe da PRF apenas deu apoio aos agentes da Seap para deslocar o caso até a 76ª DP (Centro). O acusado seria foragido da justiça e já tinha passagem por roubo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − um =