Pedra Bonita é a nova moeda social de Itaboraí

Para fortalecer a economia local e mitigar os impactos negativos causados pela pandemia de Covid-19, o prefeito Marcelo Delaroli, criou o Programa Moeda Social Pedra Bonita de Itaboraí. A mensagem executiva foi encaminhada para a Câmara Municipal de Vereadores e a matéria foi aprovada por unanimidade, em sessão extraordinária.

O texto cria ainda o Banco Comunitário Popular de Itaboraí, responsável por operacionalização e implementação da moeda social, além do Conselho Municipal de Economia Solidária de Itaboraí.

“Estamos trabalhando incansavelmente para colocar a moeda social para funcionar o quanto antes na nossa cidade. É um marco que já deu certo em outras cidades, como Maricá. Esse programa faz com que a economia local gire, se você investe mil reais, esse dinheiro fica na cidade, porque você não pode pegar o cartão e gastar em outro município. Vai ter gastar no seu bairro, na sua comunidade e fazer esse dinheiro girar na sua região”, destaca Marcelo Delaroli.

O Programa Moeda Social será executado por intermédio de três subprogramas: Renda Básica da Cidadania (RBC); Comercialização Solidária; e Educação Solidária. O repasse e a aplicação de recursos necessários para a implementação do projeto será destinado pelo Fundo Banco Comunitário Popular de Itaboraí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + seis =