Pazuello tem 48 horas para apresentar datas para plano de vacinação contra covid-19

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, tem 48 horas para apresentar as datas em que serão postas em prática as etapas do plano nacional de vacinação contra a covid-19. A determinação é do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator de ações relacionadas à pandemia.

No sábado (12), o Ministério da Saúde entregou o plano ao Supremo, entretanto sem apresentar as datas. O documento mencionava apenas quais serão os grupos prioritários e itens relacionados a investimentos e logística.

“Intime-se o senhor ministro de Estado da Saúde para que esclareça, em 48 horas, qual a previsão de início e de término do Plano Nacional de Operacionalização a Vacinação contra a covid-19, inclusive de suas distintas fases”, escreveu Lewandowski em despacho.

O Ministério da Saúde afirmou que irá se manifestar sobre o fato assim que notificado. Cabe ressaltar que Lewandowski também determinou que a Advocacia-Geral da União também seja notificada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =