Patrulhamento é reforçado em estradas e ruas durante o Carnaval

Embora blocos de rua e os desfiles das escolas de samba tenham sido adiados, as forças de segurança estarão com efetivo reforçado em todo o Estado do Rio de Janeiro. Desde sexta-feira (25), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) estão com operações especiais para o feriadão de Carnaval.

A PRF lançou a Operação Carnaval, que irá até a quarta-feira de cinzas (2).  Durante este período festivo, a instituição reforçará o policiamento ostensivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. O objetivo é garantir aos usuários das rodovias federais fluminenses mais segurança e fluidez do trânsito.

O período de carnaval sempre é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos. A fiscalização será concentrada nas rodovias federais com maior fluxo de veículos, principalmente nas rodovias que cruzam a Região dos Lagos e Região da Costa Verde (Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty). Será dada atenção especial às ações de combate à embriaguez ao volante, fiscalização de ultrapassagens em trechos de pista simples e o controle do excesso de velocidade.

Fotos: Divulgação/PRF

O uso do cinto de segurança, do capacete, dos dispositivos de retenção para crianças e do uso de telefone celular, além de fiscalizações específicas de motocicletas e condições de conservação dos veículos, também estão entre os focos das equipes da PRF. As ações terão, ainda, outros pontos focais, como a fiscalização do tempo de direção e descanso do motorista profissional e do exame toxicológico.

PM mobiliza mais de 8 mil agentes

De acordo com a PM, o planejamento especial de segurança para o feriado prolongado do Carnaval de 2022 estará focado, durante dez dias, na movimentação de áreas turísticas, rodovias, eventos esportivos e de lazer, sem desmobilizar o patrulhamento de rotina e de missões especiais na região metropolitana e no interior.

Para atuar durante o período contemplado pelo plano – de sexta-feira (25) a segunda-feira (6) – o comando da Corporação mobilizou mais 8.760 policiais militares para reforçar o policiamento ordinário, o que representa um efetivo extra 21% superior ao empregado no ano passado, quando a programação carnavalesca também estava suspensa.

Elaborado pela Subsecretaria de Gestão Operacional da SEPM, o planejamento especial é uma ampliação bastante expressiva da Operação Verão, que, a cada fim de semana, reforça o policiamento na orla da capital e das cidades litorâneas do interior, como também em rodovias e corredores estruturais da região metropolitana.

Os batalhões operacionais de área da Polícia Militar receberam apoio das unidades de operações especiais e de policiamento especializado. O controle e monitoramento de todas as ações ficarão centralizados no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), com a presença de outras instituições parceiras, como Polícia Civil, Defesa Civil, Guarda Municipal e Agetransp.

O planejamento do feriado de Carnaval não afetará a rotina do patrulhamento que vem sendo empregado em áreas especiais – complexos do Jacarezinho e da Muzema, onde o governo estadual implanta o programa Cidade Integrada; nos complexos do Chapadão e da Pedreira, na região de Costa Barros; e no reforço de policiamento em Petrópolis, município que ainda vive os reflexos de uma tragédia sem precedentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.