Pastor evangélico, ex-PM, preso pela polícia em São Gonçalo

Policiais civis, da equipe de investigação da 72ª DP (Mutuá), prenderam, na noite de terça-feira (27), em cumprimento de Mandado de Prisão pendente, o ex-policial militar e pastor evangélico Roberto Teixeira de Souza, de 47 anos. Ele é acusado pela polícia de envolvimento com o tráfico de drogas, em inquérito instaurado pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), há 14 anos (2005).

Segundo fontes policiais, Roberto (conhecido como Fita), foi preso quando chegava numa igreja evangélica, no bairro São Miguel (São Gonçalo) e teve envolvimento com o tráfico de drogas na comunidade do Dendê, na Ilha do Governador, no Rio. A prisão de Roberto havia sido decretada em 2013. Também, de acordo com as investigações da DRE, o ex-policial foi ligado ao grupo do traficante Fernando Gomes Freitas, o Fernandinho Guarabú, que morreu em confronto com a polícia durante operação ocorrida, no Rio, no dia 27 de junho. No mesmo confronto, outros homens morreram, entre eles o braço direito de Guarabu, Gilberto Coelho de Oliveira, o Gil, e o ex-PM Antônio Eugênio, o Batoré. Morreram ainda os traficantes Piu e Logan. Com Guarabu, foram apreendidos um fuzil, quatro pistolas, granadas e drogas.Guarabu era procurado pela Justiça há 15 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *