Passarelas na RJ-104 estão sem manutenção

Raquel Morais –

Entre muitos problemas encontrados na Rodovia Amaral Peixoto, no trecho da RJ-104, como mato alto, placas quebradas e buracos na estrada, as passarelas também são alvo do descaso do poder público. Construídas para facilitar a travessia dos pedestres, esses equipamentos estão com problemas de manutenção há meses. Falta de pintura, sinalização, ferragens quebradas, propagandas coladas e muitas pichações são alguns problemas flagrados pela equipe de reportagem de A TRIBUNA na manhã desta segunda-feira (28).

Na passarela da altura do Rio do Ouro (Engenho do Roçado), ferragens quebradas podem machucar os pedestres, além de muita ferrugem, pichações e faixas de propagandas serem outros problemas. No trecho em questão foram flagradas pessoas se arriscando entre os automóveis e atravessando fora da passarela. “Eu confesso que tenho preguiça de subir para atravessar pela passarela. Perco muito tempo, além de ficar com medo da altura”, comentou uma mulher que preferiu não se identificar.

Na estrutura da altura do Arsenal, os mesmos problemas foram percebidos, como se o espaço não recebesse manutenção há anos. Também na passarela de Santa Bárbara e Tribobó a situação não era diferente. “Já soube de vizinhos que foram assaltados enquanto atravessavam por passarelas. Acaba que é um caminho grande e solitário”, reforçou a niteroiense.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) foi questionado sobre a manutenção desses espaços e informou que vai enviar uma equipe ao local para verificar os problemas e os reparos necessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *