Parques e Praças devem ser adaptados para deficientes

Raquel Morais –

A cidade de Niterói saiu na frente da Lei 8.048/18, do deputado André Ceciliano, e já conta com seis praças públicas com brinquedos adaptados para crianças com deficiência física. A normativa foi aprovada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e publicada no Diário Oficial dessa semana. O texto prevê que parques e praças devem ganhar esses equipamentos acessíveis.

A Prefeitura de Niterói informou que as praças adaptadas no município são: Praça Dom Orione, em São Francisco; Praça do Largo da Batalha; Praça da Engenhoca; Praça do Engenho do Mato; Praça da Riodades, no Fonseca; e no Parque das Águas, no Centro. Já a Subsecretaria de Parques e Jardins de São Gonçalo informou que ainda não tem esses equipamentos e o órgão irá analisar o texto sancionado para adaptação dos espaços na cidade.

Na Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), uma praça adaptada com brinquedos é um dos cartões de visita do espaço.

“Isso é muito bom para as crianças com deficiência pois elas têm o direito de ter lazer como qualquer outra criança. É importante para socialização e até mesmo para desenvolver a coordenação motora, pegar sol e vitamina D, se divertir e rir”, simplificou Alaor Boschetti, presidente da instituição.

Segundo texto, os convênios firmados entre o Poder Executivo do Estado e dos Municípios, ao remeterem recursos para a construção e reforma de parques, praças e outros locais, que têm por objeto oferecer a prática de esportes e lazer, deverão prever a colocação de brinquedos e equipamentos desenvolvidos para utilização de pessoas com deficiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =