Parque Esportivo e Social do Caramujo vive clima de olimpíadas

A criançada tá fera no skate!

As crianças e jovens que participam dos projetos do Parque Esportivo e Social do Caramujo (PESC) estão competindo em diversas modalidades, entre elas, o skate. Atualmente, mais de 500 pessoas estão inscritas nas diversas atividades esportivas, sociais e de promoção da saúde do Parque do Caramujo, todas gratuitas e em conformidade com os protocolos sanitários.

O Parque procura difundir os valores esportivos, disciplinares, inclusivos e humanitários, associados a práticas que incluam e potencializam as famílias através de uma atenção global às necessidades apresentadas. A ideia é que o PESC seja um centro de geração de oportunidades para o bairro do Caramujo e região.

O PESC conta com modalidades esportivas tais como: tiro com arco, badminton, levantamento de peso olímpico (LPO), luta greco-romana, atletismo, entre outros esportes olímpicos. Também são oferecidas aulas de ginástica funcional para a terceira idade, dança, educação ambiental, Muay Thay, além de atendimento social.

O skate está entre as modalidades mais procuradas pela criançada

O administrador regional do Fonseca e Adjacências, Oto Bahia, reforça que as atividades previstas para o Parque Esportivo integram três eixos de atuação: esporte, cultura e cidadania, e atenção social.


“O Parque procura difundir os valores esportivos, disciplinares, inclusivos e humanitários, associados a práticas que incluam e potencializem as famílias através de uma atenção global às necessidades apresentadas. A ideia é que o Pesc seja um polo de geração de oportunidades para o bairro do Caramujo e adjacências, buscando salvar vidas através do esporte. Também temos projetos com a terceira idade”, destacou o administrador.

São Gonçalo oferece aulas de atletismo

A Secretaria de Esporte e Lazer de São Gonçalo, em parceria com o projeto Mais Atletismo, realizou, na tarde dessa quarta-feira (11), a aula inaugural de atletismo do projeto social Vila Olímpica do Colubandê.

“É com muito prazer que estamos disponibilizando mais um projeto esportivo para a população de São Gonçalo. Nosso objetivo é disseminar o acesso ao esporte e estamos trabalhando para isso. Sabemos que as condições da pista ainda não são as ideais, mas vamos lutar pela melhoria junto ao Governo do Estado, visto que a Vila não é de competência do município. São Gonçalo tradicionalmente forma muitos talentos no esporte e nossa meta é incentivar esses atletas”, afirmou a secretária de Esporte e Lazer, Simone Monteiro.

O projeto é destinado a pessoas com e sem deficiência, a partir dos seis anos de idade. As aulas, comandadas pelos professores Glauber Pessoa e Jorge Morais, acontecem às quartas e sextas-feiras, das 14h às 16h.

“São Gonçalo é um celeiro incrível de atletas. Muitos acabam desistindo de seguir no esporte por não ter incentivo. Queremos mudar esse quadro e fazer com que nossa cidade volte a colocar atletas de ponta nas principais competições esportivas, sejam elas nacionais ou internacionais”, destacou o professor Jorge Morais.

Podem participar do projeto pessoas com e sem deficiência, a partir dos seis anos de idade

As pessoas, com deficiência física ou não, que tiverem o interesse em participar do projeto podem procurar a Semel ou realizar a inscrição na Vila Olímpica nos dias que acontecem as aulas. A Semel fica na Rua Maria da Fonseca, nº 60, no bairro Camarão. O atendimento acontece das 9h às 16h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + dezesseis =