Parque das Águas será inaugurado no dia 6

Niterói vai ganhar, no dia 6 de outubro, mais uma área de lazer. O prefeito Rodrigo Neves anunciou, na manhã de ontem, que o Parque Municipal Eduardo Travassos, conhecido como Parque das Águas, no Centro, será aberto à visitação na próxima semana. Acompanhado de parte do seu secretariado e de representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), ele fez uma última vistoria nas obras de revitalização do local, que será um dos principais equipamentos de convivência do município. Neste primeiro momento, o espaço vai funcionar de terça-feira a domingo, de 8h às 20h.

O chefe do Executivo convidou os niteroienses a visitar o Parque a partir das 11h do próximo dia 6, e ressaltou que, com o elevador de acesso, o espaço será acessível para toda a população. O prefeito enumerou outras iniciativas da Prefeitura de Niterói no sentido dos cuidados com o meio ambiente, como o plantio, nos últimos quatro anos, de mais de 200 mil árvores na cidade, a criação do programa Niterói Mais Verde e as exigências de compensações ambientais.

“O Parque das Águas fica no coração do centro da cidade e se integra aos esforços que a nova gestão da Prefeitura tem feito para despertar a consciência ambiental e tornar Niterói uma cidade ainda mais sustentável e verde, que preserva seus recursos para atuais e futuras gerações”, pontuou.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Vicente Temperini, as intervenções estão em fase de acabamento, com implantação de gradis e iluminação panorâmica. Depois de pronto, o espaço de 32 mil metros quadrados vai contar, além do elevador, com espaço de lazer e de convívio, auditório e jardim sensorial. O parque também será um local de treinamento para a Defesa Civil e os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil nas Comunidades (Nudecs). O secretário Executivo, Axel Grael, lembrou que Niterói tem, em sua história, marcas da importância da água durante o crescimento da cidade, até tornar-se o que é atualmente.

O secretário de Meio Ambiente de Niterói, Eurico Toledo, adiantou que o Parque vai receber atividades como visitas guiadas de escolas públicas e particulares e sessões de cinema ambiental.

“É uma verticalização da questão ambiental. Teremos muitas iniciativas integradas, com cultura, educação, esporte, e meio ambiente. Além do trabalho com o conceito do parque: água, que é fonte de vida”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 17 =