Parque da Cidade passa por reformas durante período que está fechado

Durante o período do isolamento social, parques e praças públicas de Niterói estão fechados e o mesmo acontece com o Parque Municipal de Niterói (Parnit), mais conhecido como Parque da Cidade, em São Francisco. Apesar de não estar recebendo visitantes, os trabalhos dentro da unidade de conservação estão a todo vapor. A administração do parque está reformando alguns espaços justamente para melhorar o ambiente quando a pandemia acabar. Estão sendo feitas pinturas, reparos hidráulicos, obra na mastreação das bandeiras (nacional, do Rio de Janeiro e de Niterói) e alterações no paisagismo. Também deve entrar nessa lista a troca do portão da entrada do parque e a reforma da guarita.

O administrador do Parnit, Alex Figueiredo, explicou que estão sendo feitas pequenas obras todos os dias.

“Tem obra na mastreação das bandeiras e estamos cuidando direitinho para a sede ficar arrumadinha para quando a quarentena terminar. O Parque está fechado inclusive com as trilhas fechadas. Também estão sendo feitas pinturas, pequenos reparos hidráulicos e um pouco de paisagismo, além de limpeza das drenagens. Nada excepcional, mas trabalhoso e necessário. Também vamos trocar o portão da frente e reforma da guarita. Vários parques estão em manutenção continuada. Queremos deixar o parque um brinco para o povo. A sede e o setor administrativo vai ficar bem inteiro”, frisou.

O Parnit tem um grupo de voluntários que ajudam na preservação e conservação do local, inclusive com sugestões de possíveis mudanças, como por exemplo, correção do degrau próximo ao bebedouro e até mesmo uma implantação de marcação tátil para pessoa com deficiência visual.

“A acessibilidade é necessária. Orientação das trilhas eu sugiro uma melhoria nisso e nós voluntários estamos fazendo, por exemplo, construímos as plaquinhas e pintamos. Acho que precisa mais orientação de organização de lixo e com reciclagem. No lugar de fazer mudas nós precisamos de um melhor ambiente para isso”, exemplificou a fisioterapeuta Elen de Lima, de 52 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =