Para seguir bem no Brasileiro, Flu busca esquecer derrota para o Santos

O Fluminense viu sua série de três vitórias consecutivas ser interrompida na noite da última quarta-feira (05), na Vila Belmiro, após a derrota por 2 a 1 para o Santos. O resultado deixou o time parado nos 46 pontos, permitindo a alguns rivais a aproximação na luta pelo G-6, zona de classificação para a Copa Libertadores.

Apesar de tropeço, os tricolores adotaram a estratégia de assimilar o mau resultado e projetar o futuro. “Poderíamos sair com um melhor resultado na Vila Belmiro. Foi um jogo muito igual, o empate seria um resultado justo. Mas não devemos ficar lamentando o que aconteceu, continuamos brigando pelos nossos objetivos e temos que conquistar vitórias nas próximas partidas”, disse o técnico Levir Culpi.

O meia Cícero corrobora a opinião de seu comandante. “Infelizmente a gente não conseguiu o resultado desejado, pois a gente planejava a vitória. O importante agora é colocarmos a cabeça no lugar, a nossa caminhada ainda é longa e estamos brigando por coisas boas. Temos que voltar a vencer. A reta final do Brasileiro vai ser equilibrada e não temos tempo para lamentações”, avisou o meio-campista.

O lateral-direito Wellington Silva, autor do gol dos cariocas, garantiu que o resultado não compromete a luta do Flu. “Não é o fim do mundo perder na Vila Belmiro, embora a gente tenha trabalhado sempre com a vitória na cabeça. O importante neste momento é olharmos para o que vem pela frente”, amenizou.

O próximo compromisso do Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, será o clássico contra o Flamengo, previsto para o dia 13 de outubro, às 21 horas (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A delegação retornou de Santos na tarde desta quinta-feira e, em seguida, os jogadores foram liberados. Nesta sexta-feira, o plantel se reapresenta de olho no clássico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 7 =