Pãozinho está presente em 78% das casas dos brasileiros

Raquel Morais –

Ele é versátil, não tem hora certa para ser apreciado e deixa todo mundo com água na boca. Ontem foi comemorado o Dia Mundial do Pão, alimento mais antigo do mundo, e comerciantes não têm do que reclamar quando o assunto é essa delícia. A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi) apontou que o pão está presente em 78% das casas dos brasileiros e o Rio de Janeiro é o terceiro estado que mais se compra essa iguaria, ficando atrás apenas de São Paulo e do Rio Grande do Sul.

Os pães fatiados representaram 81% da preferência no Rio de Janeiro, as bisnaguinhas têm 11,6%, e os pães de hambúrguer e hot dog têm 1,9% e 1,3%, respectivamente. Mas o campeão de vendas em Niterói é o pão francês, que é comumente consumido na chapa com manteiga. No Estúdio do Pão esse queridinho é vendido por R$ 2,90 e agrada todo mundo.

“O pão da padaria com manteiga na chapa tem um gosto diferenciado do de casa. Não tem como ficar igual em casa”, brincou a professora Fernanda Cruz, de 32 anos.

Mas a preocupação com a saúde e a busca do corpo perfeito também estão diretamente ligadas ao aumento no consumo de alimentos mais elaborados e com ingredientes diferenciados. “Ao lado do tradicional pão branco, produtos integrais, light, com ingredientes especiais, como linhaça, aveia, centeio e frutas secas, e a combinação de vários grãos já ocupam espaços importantes nas gôndolas dos supermercados”, finalizou Claudio Zanão, presidente-executivo da Abimapi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *