País do skate: Pedro Barros crava a prata e o nome do Brasil na história do esporte

Mais uma medalha para o Brasil no skate! Na madrugada desta quinta-feira (05), Pedro Barros conquistou a prata no skate park nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com a nota 86.14. Luiz Francisco e Pedro Quintas também disputaram a decisão e terminaram na quarta e oitava colocação, respectivamente. O ouro foi conquistado pelo australiano Keegan Palmer e o bronze pelo americano Cory Juneau.

Pedro Barros mostrou porque é um dos maiores nomes do esporte no mundo – Foto: Gaspar Nóbrega / COB

Pedro Barros fez uma primeira volta espetacular, arriscando manobras difíceis e permanecendo de pé o tempo todo. O brasileiro recebeu a nota 86.14, ficando atrás apenas de Keegan Palmer. Na sequência, o brasileiro vinha fazendo uma grande apresentação, porém sofreu uma queda e não conseguiu superar sua primeira nota. Na última, Pedro foi para o tudo ou nada em busca do ouro, mas sofreu uma nova queda e ficou com sua nota inicial.

Pedro Quintas também fez bonito na final – Foto: Gaspar Nóbrega / COB

Luiz Francisco chegou arriscando muito em sua primeira volta, permanecendo de pé e recebendo a nota 80.24, ocupando momentaneamente a quarta posição. Em sua segunda apresentação, o brasileiro emplacou uma belíssima sequência de manobras, caindo no último movimento e recebendo 80.62, mantendo sua colocação. Luizinho fez uma excelente última volta, sem cometer erros, e recebeu a nota 83.14, batendo na trave do pódio.

Pedro Quintas não foi feliz em sua primeira volta, sofrendo uma queda logo no início. Na segunda tentativa, o brasileiro teve um bom começo, porém caiu novamente do skate e seguiu distante da briga pelo pódio. Tendo que arriscar tudo, Pedro foi ousado em sua última volta, mas teve nova queda e encerrou a final com 38.47 como nota máxima.

Quintas terminou a final na oitava posição – Foto: Gaspar Nóbrega / COB

O grande destaque da primeira rodada de apresentações foi o australiano Keegan Palmer, que somou 94.04 pontos e disparou na briga pelo ouro. A nota mais alta da segunda volta foi do americano Cory Juneau, que conquistou 84.13 e manteve a terceira posição. Na última, Keegan Palmer conseguiu superar a sua já espetacular primeira apresentação e atingiu a marca de 95.93 pontos, garantindo o ouro. Na semana passada, Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, a Fadinha, conquistaram a medalha de prata no street, a outra modalidade do skate que também fez a sua estreia nos Jogos Olímpicos em Tóquio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + quatro =