PAINEL – REFUGIADOS DA UCRÂNIA SUPERAM HABITANTES DE MUITOS PAÍSES

As estatísticas de entidades internacionais indicam que mais de 1,6 milhão ou até dois milhões de ucranianos estão se deslocando como refugiados para países europeus ou até outras regiões.
É um número absurdo, representando meio por cento da sua população e se aproximado de toda a população da Macedônia do Norte e da Eslovênia, situados como o 145º e 146º mais populosos países.
Se corrigidos, os números para baixo, mesmo assim representa a superação da população de vários países, como Guiné Bissau, Letônia, Kosovo, Bahrein, Guiné Bissau, Trinidade & Tobago, Estônia e Timor-Leste.
Comparado com o Brasil, supera população de vinte capitais de Estado, a contar pelos 1,9 milhões de Curitiba, e 1,6 milhões do Recife. Acima de um milhão, temos ainda cidades como Goiânia, Belém, Porto Alegre, São Luís e Maceió, além de cidades do porte de Guarulhos (1,3 milhões), Campinas (1,2 milhões) e São Gonçalo (1,1 milhões).

Demissões de candidatos

Salvo os cargos executivos e renovação de mandatos legislativos, todo os que pretenderem concorrer às eleições de outubro terão de se afastar dos cargos em comissão que exerçam e até mesmo de comando em autarquias em empresas públicas e privadas.
O prazo da desincompatibilização expira no dia dois de abril.

Greve do lixo

Niterói escapou da ameaça de ter o lixo não recolhido desde o início do Carnaval.
Está tudo funcionando e consta que a Econit teria mandado recolher os avisos prévios previstos para atingir 300 trabalhadores na primeira etapa e mais 300 numa segunda etapa.
Tudo estaria relacionado ao uso de um antigo frigorífico na rua Maruí Grande, mas não há relato oficial.

Tapando o Caminho

Não é hábito o fundeamento de navios na orla central de Niterói, mas uma grande embarcação da Petrobrás está há duas semanas mudando a paisagem e contrastando com a brancura do Caminho Niemeyer.
A plataforma está com alguns problemas e deve ser desativada, mas a Capitania dos Portos abriu uma exceção em caráter provisório.
Tomara que ali não surja um novo cemitério de navios.

Alckmin não decide

Não está selada a decisão de Geraldo Alckmin compor a chapa de Lula como candidato a vice-presidente.
Os dois ainda vão ter um encontro para decidir a questão de palanque duplo em São Paulo.
Lula quer o apoio do ex-governador, mas mantem a decisão de apoiar Fernando Haddad (PT) ao governo paulista.
Caso Fernando Haddad seja eleito a governador, será um presidenciável para 2026, sonho também de Alckmin.


Vestibular da boêmia

Preparando-se para o retorno às aulas, dia 28, na UFF, o Yorubar vai promover eventos toda as sextas-feiras para receber os antigos frequentadores do badalado “Bar do Renato” ou “Bar da Cantareira”
O espaço tornou-se um centro de arte e cultura com a experiência do livreiro Cicero Nascimento que formou uma parceria com Renato Cruz para manter a boêmia entre livros e eventos.

Pânico salarial

Prefeitos estão se mobilizando para decidir os rumos de seus municípios diante do novo Salário Nacional do Magistério.
Os de menores população e receita alegam não terem condições de garantir a elevação salarial à nível da prática de grandes e ricos municípios.
As previsões não são nada otimistas para a garantia do direito anunciado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.