PAINEL / A TRIBUNA

RUMOS

Com o início das definições de candidatos a majoritárias esquentando em Niterói, começaram as conversas para definição das chapas a vereador dos partidos.
Henrique Miranda, Artur Bisneto e Beto Saad ( SDD) tem sido flertados a irem para o PV, partido que vai apoiar Axel Grael e hoje tem o vereador Leandro Portugal como único vereador da sigla em Niterói. O objetivo dos verdes é ter pelo menos 2 cadeiras.

BUSCANDO APOIOS

O PSL, partido que abriga o deputado estadual Gustavo Schimidt e o deputado federal Carlos Jordy, continua com indefinição na candidatura majoritária. Um dos dois será candidato, Schimidt tem o apoio do presidente nacional da sigla, Jordy acompanha Bolsonaro e ambos convidaram Artur Bisneto para integrarem a chapa de candidatos a vereador…

ENTRETANTO

Para Carlos Jordy, a situação é mais complicada. Enquanto aguarda a implantação ou não do Aliança (partido de Bolsonaro), permanecerá com o mandato de deputado federal. Se sair por livre vontade, Luciano Bivar, que é presidente do PSL, pedirá a cadeira do deputado para o seu suplente e Jordy não poderá ser candidato a prefeito de Niterói pelo PSL.

MAS…

Se for expulso do PSL e não tenha partido para ser candidato a prefeito, confirmou a amigos, que apoiará alguém que tenha afinidade ideológica com o presidente e com ele, na hipótese de uma “substituição” para concorrer a prefeitura em seu lugar, e o ex delegado de policia federal, Antônio Rayol terá o seu apoio.

NAS CONVERSAS…

O Podemos, o PRTB e o PR de Marcello Crivella, poderão se unir em torno de apenas uma candidatura.

VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS É PAÍS AVANÇAR EM REFORMAS ECONÔMICAS, DIZ SECRETÁRIO

O secretário de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, disse ontem (02), estar confiante em seu time, na liderança do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Economia, Paulo Guedes, quanto ao avanço da agenda reformista.

Segundo ele, “a vacina contra o coronavírus é avançarmos em reformas econômicas. “O Ministério da Economia é muito aberto e transparente. Tenho certeza de que o Guedes e o próprio presidente vão avançar nas reformas”, disse em entrevista na manhã desta segunda à Globo News. Questionado se o governo tem pretensão de adotar alguma medida nos moldes da antiga CPMF, o secretário disse que há maneira rápida de desonerar a folha de pagamentos, que é reduzindo alíquotas do Sistema S.

A despeito da expectativa de um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, em torno de 1,00%, pelo mercado, e que será divulgado esta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Sachsida ponderou e disse que a estimativa é positiva. “Tem de dividir o ano em duas partes. Os primeiros oito meses foram muito difíceis, com expectativas entre zero e 0,50% de crescimento. Estamos no caminho correto, de consolidação fiscal e alocação de recursos”, disse.

LAMA NA CARA

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) foi hostilizado por moradores do bairro do Barata, em Realengo, na manhã de ontem, quando visitava o local, que foi duramente castigado pelo temporal. um morador chegou a arremessar uma bola de lama no rosto do prefeito quando ele dava uma entrevista para a imprensa. Desde o início, o prefeito ouviu reclamações de moradores, mas os ânimos se acirraram após ele afirmar que grande parte da população é a culpada.

PRÉ CANDIDATO A PREFEITO DE CABO FRIO

Agora é oficial. O coronel Ruy França, ex-comandante do 25º BPM (Cabo Frio) e 7º BPM (São Gonçalo), após participar de uma reunião da executiva do partido Progressitas (antigo PP), acertou sua pré-candidatura a prefeito de Cabo Frio. Ele disse que um movimento de pessoas que o buscavam como alternativa viável para governar a cidade pesou na decisão. “Estou me preparando e conhecendo os assuntos mais impotante para à cidade e as dificuldades que a população enfrenta. Até porque política não é aventura, é preciso estar preparado”, disse. Na ativa ele disse que falta pouco tempo para se reformar. Atualmente ele está no Comando de Polícia Especializado (CEP), em Niterói.

NADA OFICIAL MAS ...

Rola uma conversa nos bastidores que todo o staff da secretária Maria Célia, inclusive ela, vair sair da Secretaria Municipal de Saúde de Niterói para dar espaço aos nomes do deputado federal Francisco D’Ângelo. Informações de fontes políticas já dão certo que o novo secretário será o diretor do hospital Getulinho, Rodrigo Oliveira e o subsecretário será nada mais nada menos do que o ex-reitor da UFF, Roberto Salles.

GREVE DE ADVERTÊNCIA

Os servidores da saúde de Niterói realizam uma paralisação hoje (3), com vigília a partir das 15h na Fundação Municipal de Saúde (FMS). Segundo a Associação dos Servidores da Saúde de Niterói, a categoria reivindica a tabela salarial prometida há dois anos pela prefeitura e denuncia o descaso da Prefeitura com a saúde do município.

PROPOSTA PARA O SANEAMENTO

A Comissão de Saneamento Ambiental da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai realizar nesta terça-feira (03/03), às 10h, audiência pública para discutir o planejamento do Governo para o saneamento ambiental no Estado. A reunião será no Auditório Senador Nelson Carneiro, no 6º andar do prédio anexo ao Palácio Tiradentes.

GÁS NATURAL

A ANP está divulgando o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural com dados detalhados de janeiro de 2020. A produção de gás natural superou o recorde do mês anterior, registrando um aumento de 0,7% e alcançando a média de 139 milhões de metros cúbicos por dia (MMm3/d). Em relação a janeiro de 2019, a variação foi de 22,6%. Os campos localizados nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Amazonas foram responsáveis por 58%, 13% e 11% do volume total produzido, respectivamente.

FORÇA TAREFA

O governador Wilson Witzel mobilizou, na manhã desta segunda-feira (02/03), o gabinete de crise para acompanhar as ações do Governo do Estado no atendimento às cidades afetadas pela forte chuva do fim de semana. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Estadual estão de prontidão desde às 11 horas da manhã do último sábado (29/02), quando um alerta foi emitido a 32 municípios do Rio de Janeiro sobre a possibilidade de grande precipitação no estado. Desde então até agora, cerca de 800 chamados já foram atendidos, entre salvamentos, cortes de árvores, buscas e resgates.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =