Pacheco rejeita pedido de impeachment de ministro do STF feito por Bolsonaro

Presidente pedia o impedimento de Alexandre de Moraes por atos que estariam extrapolando “os limites constitucionais”

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, rejeitou nesta terça-feira (25) o pedido de impeachment feito pelo presidente da República Jair Bolsonaro contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. O pedido tinha sido feito na na sexta-feira passada (20), após o ministro do Supremo, que relata o inquérito das fake news, ter mandado prender o ex-deputado federal Roberto Jefferson por ataques à democracia e ao STF.

De acordo com o documento, o presidente acusava Moraes de cometer atos que extrapolavam “os limites constitucionais”. Entretanto, não apontou nenhum tipo de crime que teria sido cometido pelo ministro. Anteriormente, o pedido foi duramente criticado por diversas figuras políticas, como representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por governadores e entidades do direito que consideraram o ato de Bolsonaro uma tentativa de intimidar um magistrado que comanda investigações contra o governo e contra o próprio presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 4 =