Ouro de Niterói: Martine Grael inicia jornada pelo bicampeonato olímpico

Tóquio 2020

O sonho mais real de medalha de ouro de Niterói nos Jogos Olímpicos de Tóquio começa a velejar na madrugada desta quarta-feira (27). A niteroiense Martine Grael, de 30 anos, que forma dupla com a paulista Kahena Kunze, dá início a sua jornada pelo bicampeonato olímpico na Vela na categoria 49er FX.

Concentração total na hora dos últimos ajustes do equipamento

Neste dia de competição, as atuais campeãs olímpicas disputam três regatas na Baía de Enoshima. A raia de competição já é uma velha conhecida das brasileiras. Elas venceram o evento-teste dos Jogos, em 2019.

Martine é filha do bicampeão olímpico Torben Grael. Ela começou a velejar aos quatro anos de idade pelo Rio Yacht Club. Em 2014, tornou-se campeã mundial, junto com Kahena, em Santander, na Espanha. A conquista foi a primeira da história da Vela brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =