Operação Verão começa nesta terça nas praias de Niterói

Raquel Morais –

Nesta terça-feira (28) o Corpo de Bombeiros inicia a Operação Verão 2018, que vai durar até março. Mais de 1.300 guarda-vidas vão trabalhar nas praias do Rio e, em Niterói (4º Grupamento Marítimo de Itaipu 4° Gmar), 132 militares vão atuar nas praias. Em toda a ação o reforço chega aos 50% no efetivo. Nesse ano o quartel da Região Oceânica realizou 3.472 salvamentos até primeira semana de novembro. Já em todo o ano passado foram registrados 3.160 resgates.

No ranking de salvamentos marítimos, Niterói está em terceiro lugar no número de salvamentos: 3.472. A cidade ficou atrás apenas de Copacabana, com 9.036 resgates, e Cabo Frio com 5.592. “Até início do mês de novembro deste ano, contabilizamos 26.875 socorros realizados nas praias do Estado. É um número bem grande quando se pensa em risco de morte. Precisamos de uma conduta consciente para que o lazer não se transforme em acidente. A população pode contar com a nossa orientação, se preocupando em obedecer a sinalização. Na dúvida, a recomendação é não se expor ao risco, procurando um guarda-vidas antes de entrar na água”, explicou coronel Sérgio Luiz Coutinho Vincenzi, comandante das Atividades e Salvamentos Marítimos dos Bombeiros.

De acordo com a Corporação, os militares vão ocupar mais de 200 postos de salvamento e contarão com o apoio de motos aquáticas, lanchas, botes, quadriciclos e aeronaves. O drone para monitoramento e auxílio em salvamentos também será utilizado como recurso para a segurança durante o banho de mar. “Acho que esse reforço é muito bom para a população. Eu tenho criança pequena e não desgrudo o olho dela na praia. Mas é sempre bom nos sentir segura.

Mar é uma caixinha de surpresa, podemos estar na areia pegando uma aguinha e vir uma onda inesperada e puxar a gente para o mar. Com mais guarda-vidas na praia, os banhistas vão se sentir mais seguros”, comentou a universitária niteroiense Luana Dutra, de 31 anos.

Recomendações para evitar afogamentos:

– Procurar sempre os locais onde exista um posto de guarda-vidas;
– Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;
– Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar o banho de mar;
– Não ingerir bebidas alcoólicas;
– Evitar entrar no mar logo após se alimentar;
– Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água;
– Não desviar a atenção um só instante das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato;
– Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;
– Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, previne-se acidentes com pranchas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =