Operação policial combate quadrilha de fraudes em postos de combustíveis em Niterói

A Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), realiza na manhã dessa segunda-feira (9), a Operação Luz para desarticular uma organização criminosa acusada de fraude em postos de combustíveis. A ação conta com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, Agência Nacional do Petróleo (ANP), Instituto de Metrologia (INMETRO) e Instituto de Peso e Medidas (IPEM/RJ). Estão sendo cumpridos cinco Mandados de Prisão e 13 de Busca e Apreensão.
Desde o início de 2019, os órgãos envolvidos na ação vem realizando uma força tarefa, coordenada pela DDSD, para fiscalizar e inspecionar postos de revendedores de combustíveis. Em uma das verificações os agentes localizaram um posto no município de Niterói, que estava fornecendo 10% a menos de combustível ao cliente. Após várias análises foi constatado que houve alteração eletrônica da bomba de combustível.
Os agentes encontraram a mesma fraude em verificação a outros postos revendedores localizados em diferentes áreas do estado. Com base em informações de inteligência a DDSD instaurou uma investigação para identificar os responsáveis pela instalação do equipamento utilizado para a prática do crime.
Desde o início de 2019 a força tarefa já realizou mais de duas mil inspeções e interditou 10 postos que operavam com sistema de dispositivo eletrônico para fraudar o volume de combustível fornecido ao cliente. As ações visam coibir a prática de crime e garantir os direitos dos consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *