Operação Foco completa um mês com mais de 17 toneladas de produtos apreendidas

Completando um mês de atuação, a Força Especial de Controle de Divisas – Operação Foco, criada pelo Governo do Estado e ligada à Secretaria da Casa Civil, já contabiliza mais de 17 toneladas de produtos apreendidas em situação ilegal.

Ao todo, só no mês de setembro, os agentes apreenderam 283 mil latas de cerveja, 156 mil litros de combustível, três toneladas de produtos pirateados e mais de 13 toneladas de granito sem nota fiscal. A maioria das apreensões ocorreu em operações volantes feitas em rotas de fuga. As ações ocorrem em conjunto com diversos órgãos parceiros, como a Secretaria de Estado de Fazenda, a Polícia Civil, além da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Instituto de Pesos e Medidas (Ipem).

“Um resultado positivo já no primeiro mês de atuação mostra como é importante a atuação desses agentes para a recuperação econômica do estado. Aumentar a arrecadação é o norte desta operação, e tenho certeza que esse trabalho vai crescer cada vez mais”, disse o secretário de estado da Casa Civil, Nicola Miccione.

A nova ação substitui o programa Barreira Fiscal e inaugura em sua estrutura uma coordenadoria de inteligência para nortear as ações do programa visando à recuperação de ativos. A operação atua de forma integrada com órgãos estaduais, federais e municipais.

“Nossa equipe trabalha monitorando possíveis fraudadores e o trânsito de veículos de transporte de carga, cruzando dados de investigações. A parceria com diversos órgãos, como ocorrido neste primeiro mês, foi fundamental para chegarmos neste resultado. E diversas novas ações serão realizadas por todo estado”. afirmou o subsecretário especial de Controle de Divisas, Edu Guimarães.

A Operação Foco atua para coibir a evasão de ativos, fiscalizar as divisas do Estado do Rio e reprimir o crime e a entrada de armas, drogas e produtos contrabandeados em território fluminense. O programa trabalha de maneira volante em vários pontos de entrada do estado e também mantém, em conjunto com a Secretaria de Fazenda, a fiscalização nos postos fixos de Itatiaia, Comendador Levy Gasparian, Campos dos Goytacazes, Angra dos Reis e Itaperuna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 7 =