Operação contra exploração imobiliária na Zona Oeste do Rio

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) cumpre nessa terça-feira (dia 16) 17 Mandados de Prisão Preventiva contra acusados de exploração imobiliária clandestina na comunidade da Muzema e localidades próximas, na Zona Oeste do Rio. O grupo é suspeito de loteamento, construção, venda, locação e financiamento ilegal de imóveis. Além disso, eles são acusados de ligações clandestinas de água e energia elétrica e a corrupção de agentes públicos. A operação também visa cumprir diversos Mandados de Busca e Apreensão.
Ao todo, foram denunciadas 27 pessoas por suspeita de envolvimento no grupo criminoso, de acordo com o Ministério Público. Além dos riscos para as pessoas que vivem nesses edifícios, as construções ilegais provocam a destruição de vegetação da Mata Atlântica. Em abril, dois prédios construídos ilegalmente desabaram na comunidade da Muzema, deixando saldo trágico de 24 mortos. A região é controlada por uma milícia, grupo criminoso que extorque moradores e explora serviços clandestinos.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *