Operação conjunta prende acusado de chefiar tráfico no Goiabão

Augusto Aguiar

Policiais da equipe de investigação da 81ª DP (Itaipu) e militares da 5ª Cia do 12º BPM (Niterói) foram para as ruas, na manhã de sexta-feira, ao deflagrarem uma operação para reprimir o tráfico de drogas na Região Oceânica. O principal alvo da polícia, após trabalho de investigação e levantamento, era a comunidade do Goiabão, em Itaipu, onde foi preso um criminoso apontado como homem de confiança de um dos bandidos mais famosos na região. O objetivo foi o cumprimento de Mandados de Prisão, expedidos pela Justiça, pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, contra o acusado.

Alex Sandro Ribeiro, o Galo Cego, foi surpreendido na Avenida Dois, em Itaipu. Ele é acusado de ser o gerente do tráfico na comunidade do Goiabão, sendo um dos elos com a venda de drogas no bairro Engenho do Mato e com o também traficante e homicida João Carlos Diano Marques, o João Coroa, e Luis Carlos Leite, o Bill, presos em operações anteriores da polícia. João Coroa foi preso em 2012, no bairro de Itaúna, após interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça. Contra ele havia dois Mandados de Prisão pelos crimes de homicídio e tráfico de entorpecentes. Ele era apontado por envolvimento em pelo menos dez assassinatos.

João Carlos foi capturado na Rodovia Niterói-Manilha, quando retornava de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Na ocasião, entre as investigações, a polícia apurava o envolvimento de João Coroa em um duplo assassinato, em que uma mulher (grávida) e seu marido foram mortos. Todos os acusados, de acordo com os policiais, são ligados à facção criminosa Comando Vermelho (CV), que atuava na Região Oceânica e dominavam o tráfico em vários bairros.

União também em Silva Jardim
Policiais civis e militares – da 120ª DP (Silva Jardim), do Batalhão de Operação com Cães (BAC), e da 5ª Cia do 35ª BPM (Itaboraí) – somaram forças, na manhã de sexta-feira, e deflagraram uma operação para reprimir o tráfico de drogas na região. A ação, que foi coordenada pelo titular da delegacia da área, Juaraci, teve um saldo de três acusados de envolvimento com a venda de entorpecentes presos, além da apreensão de uma arma e drogas.

Durante operação conjunta, equipes de policiais militares e civis foram até o bairro Biquinha, onde várias abordagens foram realizadas e, com uso de cães farejadores, os agentes foram até a Rua Dona Avani, onde haviam denúncias de tráfico. No local, também com objetivo do cumprimento de Mandados de Prisão, os policiais prenderam três acusados de envolvimento com a venda de drogas, identificados como Vinícius Pereira, Fael Antunes, e Emerson Capos.

Na ação os policiais também apreenderam um revólver calibre 38, três munições intactas, dois estojos, um caderno de anotações do tráfico, R$ 45, três celulares, 173 trouxinhas de maconha e oito pinos de cocaína. A operação ainda teve por meta desarticular uma quadrilha de traficantes que atua na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =