Operação combate exploração de animais em espetáculos no Rio

Foto: Há meses, um resort na Costa Verde do estado importou 15 girafas que acabaram apreendidas por maus tratos

A Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram, quinta-feira (23), no Rio de Janeiro, a operação Ararat, que visa coibir o uso de animais em espetáculos e festas que desrespeitem as normas ambientais.

Cerca de 30 policiais federais e sete analistas ambientais cumprem quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 41ª Vara Criminal do Rio, na capital e na cidade de Itaboraí, na região metropolitana.

Segundo a Polícia Federal, a investigação aponta a possibilidade da manutenção de animais com documentação irregular, alojamentos e alimentação inadequados para as espécies e restrição de espaço.

A operação foi deflagrada pela Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico. Os investigados podem responder por crimes ambientais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.