Ônibus de Maricá terão ‘botão de socorro’

Acredita-se que dentro de alguns dias a frota de ônibus que atende a cidade de Maricá deve estar equipada com um dispositivo que pode ajudar a conter a incidência de ocorrências de roubos em coletivos. A lei, de autoria do vereador Ricardinho Netuno (PEN), sobre a instalação dos chamados “botões de socorro”, foi sancionada pelo prefeito da cidade Fabiano Horta.

O dispositivo de pedido de socorro deve ser instalado nos ônibus do sistema municipal e, com isso, as empresas de ônibus que tenham concessão de transporte de passageiros sediadas na cidade ou que prestem serviços de transporte municipal serão obrigadas a instalarem o “Botão de Socorro” ou ainda outro dispositivo de alerta de crimes nos veículos de transporte de passageiros (ônibus e similares).

O tal mecanismo poderá ser acionado de formas diferentes: pelo cobrador do coletivo, pelo motorista, pelos passageiros, ou depois de visualização da situação suspeita através de imagens de câmeras de segurança. Depois de acionado, deverá constar no painel exterior do coletivo a mensagem “Socorro Assalto – Ligue 190”. Na porta de entrada dos ônibus também deverá ser afixado o seguinte aviso: “Este veículo possui alerta visual de assalto, que é acionado independente de qualquer ação”.

O autor da lei afirmou que levou o projeto para que empresários ligados a linhas de ônibus da cidade instalem o dispositivo, de escolha de um especialista, que avise no letreiro do ônibus sobre roubo em andamento. O vereador explicou que o projeto encontrou apoio do setor, que assim poderá proporcionar maior segurança dos passageiros. Entre os meses de janeiro e agosto desse ano, com base em dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), a 82ª DP (Maricá) registrou 12 ocorrências específicas de roubos de coletivos e 446 dos chamados “roubos de rua”, que é a soma dos crimes de roubos de celulares, roubos a transeuntes e roubos de coletivos.

Mas os números de roubos de coletivos devem ser maiores relacionados à cidade se forem computadas as dezenas de ataque registrados contra passageiros da Viação Nossa Senhora do Amparo, no trajeto entre Rio e Maricá (e vice-versa). Esses assaltos ocorreram em diversos pontos do trajeto, em outros municípios, por isso os registros de ocorrências foram formalizados em diversas delegacias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *