OMS indica atividade física para prevenção de doenças e mortes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que até 5 milhões de mortes poderiam ser evitadas no mundo se as pessoas praticassem atividade física. De acordo com a Organização o sedentarismo precisa ser combatido em todas as idades.

A OMS sugeriu que cada adulto dedique pelo menos duas horas e meia a cinco horas, por semana, para atividade aeróbica moderada a vigorosa. Já para as crianças e adolescentes, a média recomendada é de uma hora por dia. O documento mostrou que a atividade física regular é fundamental para a prevenção e o controle de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer. Ajuda também a diminuir os sintomas de depressão e ansiedade

Um em cada quatro adultos não pratica exercício físico suficiente, o mesmo se passando com quatro em cada cinco adolescentes, segunda a organização. “Globalmente, estima-se que isso custe US$ 54 bilhões em cuidados diretos de saúde e mais US$ 14 bilhões em perda de produtividade”, diz o documento.

Após o estudo, novas linhas orientadoras foram lançadas por parte da OMS, onde incentivam a prática de atividade física regular para todas as idades. Para os idosos é recomendado atividade que estimule o equilíbrio, a coordenação, e o fortalecimento muscular, para ajudar a prevenir quedas e melhorar a condição física.

No guia lançado, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS, defende que toda a atividade física é benéfica e pode ser feita de várias formas, desde o desporto até exercícios no dia a dia, a jardinagem, a caminhada ou a dança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − dez =