Ocupação de leitos de enfermaria e UTI continua em queda em Niterói

A ocupação de leitos na rede particular em Niterói permanece em trajetória de queda. Na tarde desta segunda-feira (27), o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde de Niterói e São Gonçalo (SindHleste) divulgou balanço mais recente da ocupação de leitos no município. A queda mais sensível foi em relação aos leitos de enfermaria.

Segundo o levantamento semanal feito pelo SindHLeste, os leitos de enfermaria destinados a tratar pacientes com o novo coronavírus em unidades particulares na cidade possuem 13% de ocupação total. Houve uma queda de 5% em relação ao balanço divulgado na última semana, quando as unidades apresentavam ocupação de 18%.

A ocupação de unidades de terapia intensiva (UTIs) exclusivas para tratar pessoas com a Covid-19 também apresentaram diminuição no percentual de ocupação, ainda que menor se comparado às unidades de enfermaria. De acordo com o balanço mais recente divulgado pelo sindicato, a ocupação está em 26%, o que representa 2% de queda em relação ao último levantamento, quando a taxa estava em 28%.

Um dos fatores que podem ser apontados como preponderantes para a redução da ocupação é o avanço da campanha de vacinação no Município. De acordo com último levantamento feito pela Prefeitura, divulgado na sexta-feira (24), 438.115 habitantes já estão imunizados com a primeira dose (84,7% da população). Em relação à segunda dose, são 319.1766 pessoas imunizadas (61,7% da população).

São Gonçalo

No mesmo ritmo, São Gonçalo também registrou diminuição na ocupação de leitos na rede particular. A situação que mais se destacou foi a das UTIs. Nesta semana, o SindHLeste afirma que a lotação está na casa de 28%, enquanto no levantamento anterior a ocupação era de 42%. Isto representa uma redução de 14% na ocupação em apenas uma semana.

O nível da ocupação das unidades de enfermaria também reduziu. No balanço mais recente, a ocupação registrada é de 11%. A redução, em comparação à semana anterior, é de 3%, quando o índice estava em 14%. Desde o início da campanha, a cidade vacinou 714.246 pessoas com a primeira dose ou dose única. O município vacina, hoje, adolescentes a partir de 12 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − um =