Ocupação de leitos de Covid-19 na rede privada em Niterói segue alta

De acordo com os últimos dados de levantamento, o número de leitos ocupados, de Covid-19, na rede privada de Saúde de Niterói, atingiu a marca de 72% (236 quartos ocupados), sendo que essa projeção aumenta para 86%, quando se trata de leitos de UTI (231 leitos). Os números são referentes a última terça-feira, divulgados pelo Sindicato dos Hospitais Privados de Niterói e São Gonçalo (Sindhleste).

Na rede particular do município vizinho de São Gonçalo, o levantamento apontou que 41 quartos estavam ocupados no mesmo período para pacientes que testaram positivo para a doença, o que representa 46% da ocupação de leitos disponíveis. No que se refere aos leitos de UTI ocupados a taxa atingiu 87%, ou 50 ocupados. Devido ao avanço da doença, a unidades particulares ofereceram mais 45 leitos em quartos particulares, passando para 327 disponíveis.

Por isso, a taxa de ocupação caiu de 93% em 15/12 para 72%, na terça-feira, não por causa do recuo do número de casos. Na rede do SUS, o número de internados em leitos ou UTIs é de 168 pessoas. No boletim da prefeitura, divulgado na terça-feira, número de casos registrados foi de 216 novos em 24 horas. No triste rankin por bairros, Icaraí aparace com 3.432 registros desde o início da pandemia, no mês de março, seguido de Fonseca (1.957), Barreto (1.519), Santa Rosa (1.459), Centro (1.131), Itaipu (982), Piratininga (963) e Ingá (756), Camboinhas (208), e Itacoatiara (66). Na última semana, foram registrados 22 óbitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 8 =