Obras para desobstrução do Túnel do Tibau vão começar

Após o lançamento na semana passada do Parque Orla Piratininga (POP), que já está autorizado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) para ter início, a tão esperada desobstrução do Túnel do Tibau também está mais perto de acontecer. O canteiro de obras foi construído e uma visita da administração Regional da Região Oceânica foi realizada ontem para acompanhar a finalização dessa montagem e prever novos prazos para execução.

Coordenadora do Programa Região Oceânica Sustentável, Dione Castro, explicou que a montagem do canteiro começou na quarta-feira (19) passada

“Colocaram os equipamentos e estão fazendo a parte elétrica dentro do túnel para os preparativos da retirada dos sedimentos que estão obstruindo o túnel. Essa obra é fundamental para a recuperação da lagoa além disso ela é uma das soluções apresentadas pela equipe que fez um estudo da dinâmica hídrica do sistema lagunar Itaipu-Piratininga. Essa etapa é extremamente importante para essa renovação da água”, ponderou.

O administrador Regional da Região Oceânica, Rubens Branquinho, acrescentou que essa retirada dos sedimentos está mais perto de acontecer.

“Essa obra é esperada há anos e vai favorecer pescadores, moradores e niteroienses como um todo”, pontou.

TÚNEL DO TIBAU

A obra ficará a cargo da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag) e a Prefeitura de Niterói vai custear o projeto que ficou orçado em R$ 1,3 milhão e terá duração de seis meses. No início de 2019 parte do túnel desmoronou e os sedimentos impedem a renovação da água, o que afeta dezenas de pescadores que usam a pesca como sustento. A obra do túnel foi feita pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e entregue em 2007 e cerca de 70 famílias vivem da pesca na localidade e a qualidade da água é fundamental para essa prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − doze =