Obras na Nova Catedral serão retomadas ainda esse mês

A Arquidiocese de Niterói confirmou que as obras da Nova Catedral São João Batista, no Caminho Niemeyer, no Centro de Niterói, vão voltar a funcionar. Até julho muitos projetos serão executados como as construções de 27 blocos de sustentações da laje e mobilização de pessoas que vão trabalhar no espaço além de equipamentos e materiais necessários. A retomada das intervenções no terreno se deu através do decreto 13605/2020 da Prefeitura de Niterói que permitiu a construção civil com respeito as medidas de segurança por conta da pandemia do coronavírus.

O engenheiro responsável pela execução da obra, Aloisio Lannes, disse estar animado com a volta da obra.

“Nesse período de quarentena provocada pela pandemia do Covid-19, a ansiedade foi enorme por estarmos impossibilitados de dar continuidade à construção da Nova Catedral São João Batista. A cada nova recomendação, novo decreto, a Equipe Técnica debruçava sob os projetos e deixava o planejamento atualizado para, assim que fosse liberado, pudéssemos voltar às atividades o mais rápido possível, sempre, é claro, não deixando nunca de lado os aspectos de segurança. Toda equipe tem um carinho enorme por essa obra e podem ter certeza que fazemos o nosso melhor para concluir esse projeto o quanto antes, de modo que toda comunidade possa usufruir das bênçãos e serviços de caridade que ocorrerão nesse complexo que estamos erguendo”, comentou.

Segundo nota da Mitra o processo construtivo adotado tinha algumas possibilidades do que seria executado primeiro. Foi optado por uma atividade que requer menos pessoas simultâneas, de modo a cumprir as recomendações de segurança na prevenção do Covid-19 e entender como essa atual realidade irá impactar no canteiro de obra. Uma cartilha foi preparada e os trabalhadores serão constantemente orientados a seguir os itens que ali estão listados, como cuidados ao beber água, nos banheiros e vestiários, na manipulação dos materiais e equipamentos, dentre outros pontos recomendados pelos órgãos sanitários e técnicos.

Serão construídos 27 blocos de sustentação da laje até o final de julho e que estão faltantes no espaço celebrativo da catedral. Junto com essa frente de obra será definido o que será feito depois, levando em consideração essa questão da pandemia, para que ao término dessa fase, já comece a outra sem interrupções.

O PROJETO

A Catedral será construída em área de 13,6 mil metros quadrados, no Caminho Niemeyer. A capacidade interna será de cinco mil pessoas e 15 mil na área externa. A cúpula terá 60 metros de diâmetro e a nave central com 80 metros. Segundo informe da mitra há também a previsão de construção de todo um anexo administrativo-cultural com salão de exposições, museu de arte sacra, arquivo histórico, espaço cultural, teatro, livraria, café, além da centralização para potencializar ainda mais todo o trabalho social e pastoral realizado pela Arquidiocese. Por se tratar de um projeto de Oscar Niemeyer, a Nova Catedral já nasce tombada como patrimônio histórico e cultural do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *