Obras do Rio Imagem II podem voltar em Niterói

O antigo terreno do Hospital Santa Mônica, em Niterói, que começou receber pequenas intervenções para a construção do Centro de Diagnóstico por Imagem, chamado Rio Imagem II, desde 2014 continua sendo depredado pela ação do tempo. Mas diferente de outros momentos, em que a Secretaria de Estado de Saúde (SES) não apresentava novidades para o espaço, a pasta confirmou que está junto com a Empresa Municipal de Obras Públicas e Serviços (Emop) estudando a situação do local para verificar a viabilidade de retomada das obras.

O local está completamente abandonado. O mato tomou conta das grandes estruturas que foram construídas na base do terreno. As placas de alumínio que cercavam o local, muitas foram depredadas ou subtraídas. O grande letreiro que foi fixado na frente do terreno também se deteriorou com o tempo e apenas a estrutura metálica está no local.

A SES não divulgou se tem alguma reunião marcada ou se teve algum encontro para resolver essa questão.

As obras começaram em 2014 onde foram feitas apenas intervenções na estrutura do terreno. De acordo com o Governo do Estado o local terá cinco pavimentos, ocupará uma área total de cerca de cinco mil metros quadrados e contará com três salas de raio-X, duas de ressonância, duas de tomografia, cinco salas de ultrassonografia, quatro de eletrocardiograma e duas de mamografia. As instalações contarão com equipamentos de última geração, que vão oferecer à população exames gratuitos.

Raquel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − treze =