Obras do mergulhão aguardam liberação de interdição

Aline Balbino

A Ecoponte, empresa responsável pela implantação do mergulhão da Praça da Renascença, informou que as obras de construção da passagem subterrânea estão paradas porque depende da liberação de agentes de trânsito para o trabalho de interdição e desvio das ruas no entorno da praça. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Niterói informou que não há ainda data definida para a liberação das interdições. Em contrapartida, a Ecoponte afirma que todas as licenças já foram emitidas e que espera apenas um aceno do poder municipal para iniciar as obras de escavação.

As intervenções começaram em julho deste ano. Nesse período, diversas concessionárias que possuem tubulações subterrâneas sob a praça iniciaram o processo de retirada e desvios desses encanamentos. Foram notificadas empresas como Oi, Claro, Vivo, Tim, Ampla e Águas de Niterói. A obra do Mergulhão promete desafogar o trânsito no horário de pico, por volta das 18 horas, na Avenida Feliciano Sodré.

A passagem será construída sob a Praça da Renascença, em frente ao Porto de Niterói. Veículos vindos da Avenida Feliciano Sodré e da Rua Manoel Pacheco de Carvalho passarão pelo mergulhão com destino a BR-101 e a Alameda São Boaventura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =