Obras do Mercado do Produtor: avançam em Maricá

Até o fim do ano o maricaense terá um novo endereço para escolher seu pescado, suas frutas e verduras. Com 1,3 mil metros quadrados de área construída, área externa de 10 mil metros quadrados, 26 boxes que abrigarão peixarias, lanchonetes, artesanato, legumes, verduras e outras. A estrutura do novo Mercado do Produtor, que está sendo erguido na Avenida Roberto Silveira, no Flamengo, já está praticamente pronta, restando a parte de acabamento.

Em visita ao local, o prefeito Fabiano Horta (PT), acompanhado do secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino, destacou a importância da obra.

“Vai ser um local que vai impactar muito a cidade, vai ser um ponto turístico fundamental para o desenvolvimento de Maricá”, disse o prefeito ao se referir ao Mercado do Produtor quando pronto e funcionando.

“A gente acredita muito nesse projeto, o Mercado do Produtor vai ser o local de encontro das pessoas, um espaço de troca, uma ambiência de cidadania e acima de tudo um local de diálogo permanente com o setor produtivo da cidade, os nossos pequenos produtores que estarão inseridos aqui nos projetos e programas desenvolvidos no Mercado”, completou o prefeito.

Para o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino, o principal objetivo do Mercado do Produtor é viabilizar o produto da mais alta qualidade para quem mais merece: o cidadão maricaense.

“Vamos viabilizar o produto de Maricá, aquele que a maioria vem da agroecologia, os produtos orgânicos que acabam indo para outros municípios. Queremos concentrar o comércio aqui, e fazer com que o cidadão conheça e consuma produtos produzidos dentro do município, como é o caso do queijo de cabra orgânico, feita pela dona François, no bairro do Caju”, explicou.

“A ideia é que o cidadão saiba o lugar certo de procurar os seus alimentos. Outra coisa que muito importante para a gente é incluir comidas típicas de Maricá nos cardápios da praça de alimentação, para que as pessoas encontrem a sola produzida na Serra do Camburi, a banana do Caboclo, o peixe de Ponta Negra, o siri da Ponte Preta e muito mais”, completou.

De acordo com Francisco Lameira, diretor de Parques e Jardins da Somar, autarquia responsável pelo projeto de paisagismo, o Mercado Produtor está sendo construído no padrão Europa.

“O Mercado do Produtor foi pensado em moldes de mercados que já existem na Europa e deram muito certo. Vai ser algo inesquecível, nós estamos preparando a estrutura com um aquário com um piso transitável para as pessoas poderem visualizar de cima, guarda-corpo todo em vidro, equipamentos para lazer de crianças, adultos e terceira idade”, comentou.

O projeto do Mercado do Produtor, contempla, ainda, um muro sustentável no entorno do local, um palco para eventos diversos, quatro banheiros exclusivos para pessoas com necessidades especiais, dois banheiros coletivos, área da peixaria com o pé direito triplo e a do palco com pé direito duplo, possibilitando uma melhor ventilação e ainda elevadores panorâmicos para acessar outros setores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 10 =