Obras de urbanização avançam nas comunidades de Niterói

A Prefeitura de Niterói concluiu a primeira etapa de obras de urbanização e infraestrutura na comunidade São José, no Fonseca, Zona Norte da cidade. O secretário municipal de Obras, Vicente Temperini, explica que nesta fase foram realizados serviços de drenagem e pavimentação de vias, além da melhoria em escadas de acesso.

“Esta é uma grande intervenção, que muda a realidade dos moradores, trazendo mais qualidade de vida. Aproximadamente 40% da obra foi concluída. A próxima etapa terá um foco maior na parte de macrodrenagem. As equipes seguem avançando com o trabalho em diferentes pontos da comunidade”, detalha Temperini.

As obras vão beneficiar cerca de 1.500 famílias e são financiadas pela Prefeitura de Niterói em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (Produis), em um investimento de R$ 44 milhões.

Para a execução dos trabalhos, a região foi dividida em 10 núcleos. Na Travessa do Marinheiro a drenagem já foi concluída, restando a conclusão das escadas hidráulicas. Outro serviço que continua avançando na comunidade é a implantação do novo asfalto, que está em andamento nas ruas Jardim Alvorada, Travessa São José e Jerônimo Afonso. A Travessa Dona Zina e a Subida do 340 já se encontram com esta etapa da obra finalizada.

As contenções previstas no projeto já foram concluídas nas Travessas Dona Zinha e Nova Esperança, nas Ruas Jardim Alvorada e Antônio Belchior Duarte. Novas intervenções serão realizadas na Travessa São José (parte alta) e na Rua São Jerônimo.

A comunidade receberá, ainda, uma quadra poliesportiva, praça com academia da terceira idade e brinquedos para crianças, além de um anfiteatro.

Caramujo
Outra importante obra que segue avançando na cidade acontece na localidade da Igrejinha, no Caramujo, também na região Norte. Para esta intervenção, o Município e o BID realizam investimento de R$ 27 milhões em obras de urbanização que incluem contenção de encostas, drenagem, adequação de escadas de acesso à comunidade, revitalização da área do campo de futebol, implantação de praça e de quadra poliesportiva coberta, uma pista de atletismo, skate e espaço para a prática de bicicross.

Somente em contenção de encostas, o investimento passa dos R$ 6,4 milhões. Em pontos como o Ramo 500 e a Rua Central estão sendo aplicadas técnicas como cortinada atirantada e solo grampeado, além da colocação do Capim Vetiver com geomanta, método inovador sustentável para controlar a erosão através de uma espécie de capim indiano plantado após a fixação dos taludes, garantindo maior estabilidade à encosta.

Vicente Temperini diz que a previsão é de que a obra seja concluída em novembro. A escada de acesso foi concluída e seguem avançando as intervenções da quadra poliesportiva, das pistas de atletismo e de skate, assim como o espaço para bicicross.

“Já concluímos cerca de 70% da obra do campo de futebol, que está recebendo a colocação da grama sintética e possui as medidas exigidas para receber campeonatos oficiais”, conta o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *