Obras da Nova Catedral são retomadas

Conforme anunciado no mês passado por A TRIBUNA, as obras da Nova Catedral São João Batista, no Caminho Niemeyer, no Centro de Niterói, foram retomadas. No canteiro de obras já se pode ver a movimentação que está menor do que os outros meses já que as equipes foram reduzidas para diminuir os riscos da contaminação pelo coronavírus. A autorização do retorno das atividades foi expedida pelo decreto 13605/2020 da Prefeitura de Niterói.

O gestor do projeto da Nova Catedral, Denis Carneiro, explicou que a partir de agosto, devido ao replanejamento da obra, serão executadas 38 novas estacas ao redor da projeção da cúpula (fora da nave), com 38 blocos de sustentação.

“Essa etapa não seria feita agora, mas optamos por adiantá-la, por conta dos motivos já mencionados”, explicou. Ainda de acordo com a explicação do especialista depois dessa etapa será feita a construção de 23 cintas de amarração dos blocos. Em seguida serão 10 paredes estruturais e 38 pilares (por volta de 2 metros acima do solo). Também serão feitas sete pequenas (em relação ao tamanho do projeto) áreas de laje, estrategicamente, construídas para proteger os blocos e armações que não precisarão mais de acesso físico.

“Por não termos certeza de quanto tempo poderemos continuar com as obras, acreditamos que não, mas vai que aparece um novo lockdown; optamos por atividades de rápida execução e de fácil mobilização, para o caso de nova interrupção por determinação da prefeitura. Queríamos atividades, especialmente neste início, nas quais tivéssemos menos pessoas trabalhando próximas. Isso não significa menos pessoas no canteiro, já que uma pequena equipe pode estar preparando as armações, outra pequena equipe fazendo o nivelamento das estacas, a topografia um pouco afastada, indicando o local certo. Sempre pequenas equipes trabalhando em atividades e áreas diferentes, para evitar aglomeração”, explicou.

O PROJETO

A Catedral será construída em área de 13,6 mil metros quadrados, no Caminho Niemeyer. A capacidade interna será de cinco mil pessoas e 15 mil na área externa. A cúpula terá 60 metros de diâmetro e a nave central com 80 metros. Segundo informe da mitra há também a previsão de construção de todo um anexo administrativo-cultural com salão de exposições, museu de arte sacra, arquivo histórico, espaço cultural, teatro, livraria, café, além da centralização para potencializar ainda mais todo o trabalho social e pastoral realizado pela Arquidiocese. Por se tratar de um projeto de Oscar Niemeyer, a Nova Catedral já nasce tombada como patrimônio histórico e cultural do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dezoito =