Números da pandemia dão destaque negativo a Niterói

Mesmo aparecendo ao lado de São Gonçalo, e abaixo do Rio de Janeiro, Niterói não sofreu tamanha grandeza de fatalidade como aparece nas estatísticas oficiais. Não foi a prefeitura, mas o Sindicato dos Hospitais privados o autor da revelação dizendo que estes casos estão inflados com vítimas oriundas de outros municípios onde há escassez de leitos.

Sempre causou espanto aos jornalistas o fato da Prefeitura de Niterói publicar diariamente uma tabela com o registro do número de óbitos na cidade até 39% abaixo dos dados diários divulgados pela Secretaria Estadual. A Secretaria Municipal, muito fechada aos profissionais de imprensa, jamais se manifestou.

Agora vale a dedução tirada da informação do Sindicato de Hospitais e Clínicas particulares: o fato de metade dos leitos locais estarem sendo utilizados por pacientes transferidos de São Gonçalo, Rio e Maricá.

Já havia a suposição da exclusão da estatística municipal os óbitos ocorridos com pessoas aqui internadas e moradoras em outras cidades.

Com relação às infecções registradas, São Gonçalo aparece em torno de 38 mil, mesmo tendo o dobro da população de Niterói, apontada como detentora de 32 mil casos.

Já com relação à vacinação, as informações são atualizadas e bem detalhadas, revelando que, até então, Niterói estava com a média acima de 16%, superando a média nacional.

Menos lixo

É inédita a redução do valor de um contrato firmado entre o Poder Público e uma prestadora de serviços. Menos para Niterói, que convencionou com a empresa Econit S/A, a redução para R$ 7.405.105,54 a tarifa pelos serviços de limpeza pública.

A alteração indica ter havido decréscimo de mão de obra e de equipamentos.

Colunas e artigos online

As colunas e artigos publicados diariamente na edição impressa de “A Tribuna”, assinadas por Jourdan Amóra, e também por Flávio Ricco (TV), bem como as semanais, de Sérgio Santeiro, Arcebispo D. José Francisco, Octacílio Barros, Célio Jungger, Luiz Antônio Mello e Patrícia Tavares, podem ser acessadas nas edições online no endereço web atribunarj.com.br.

As colunas podem ser acessadas no topo do site, quando acessado no computador, ou no menu à esquerda, na versão para celular.

Também é possível ler as páginas completas de cada edição.

Mesmo comas restrições ao funcionamento das bancas de jornais, “A Tribuna” está chegando pontualmente aos assinantes e a clientes especiais, com emergencial distribuição gratuita rotativa, enquanto durarem as restrições de circulação.

Papel de jornal não é vetor do vírus, como também a maioria das embalagens de produtos de consumo doméstico e de escritório.

Horror no trânsito

Os acessos a Niterói ficaram tão congestionados como naquelas vésperas de feriadões do passado.

A medida do prefeito Axel Grael “fechando tudo” teve reflexos na ruas internas da cidade que estavam vivendo praticamente sem movimentação intensa no tráfego.

A insatisfação foi muito grande neste primeiro dia de tentativa de impedir a Covid de atravessar a Baía ou chegar através dos acessos oriundos de São Gonçalo e de Maricá, que trazem muita gente do interior.

Já alvo de manifestações de comerciantes insatisfeitos por estarem com suas portas fechadas, Axel Grael deve ter repetido o que Jair Bolsonaro disse anteontem ao receber sugestão para sorrir diante das câmeras: “Num dia como esse, você ainda quer que eu sorria?”.

Mas ele, que não está às voltas com a CPI da Omissão, deve se acalentar com a frase de Boris Johson, o 1o. Ministro inglês, que sentenciou; “A queda das mortes não se deve às vacinas mas ao isolamento cumprido”.

Dez a um

Moro já foi punido pela sua conduta como magistrado da Lava-Jato e há quem queira o “impeachment” de um Ministro do STF por sua postura contrária aos atos do Presidente da República.

A decisão de ontem do STF, determinando a abertura da CPI da Pandemia, levou para o milho as barbas (ele, as tem?) do Ministro Nunes Marques. Apenas o Ministro, nomeado por JMB, votou contra, como tem ocorrido em outros episódios, envolvendo fatos ligados ao Presidente da República e às pessoas próximas a ele.

Nunes Marques pode ser excluído de sorteios para escolha de julgadores ou relatores em episódios envolvendo o esquema que o levou à mais alta Corte do país.

RJ e MG em piores situações

Os dois estados registraram alta de 28% em número de óbitos causados pela Covid-19.

Na classificação dos piores zeladores por vidas, ficaram abaixo deles apenas o pobre Piauí (31%) e o rico Paraná (46%).

Me dá um dinheiro…

A Forbes publicou lista com as fortunas de oiro principais arqui-bilionários do Mundo.

O líder, que é vinculado ao Google, conta com apenas US$ 198 bilhões, quase R$ 1 trilhão.

Se ele resolvesse conceder um absurdo salário-mínimo como “auxilio emergencial” a cada um dos 212 milhões de brasileiros, gastaria apenas uns R$ 250 bilhões de reais.

Mas há um trilionário que já cansou de ganhar dinheiro na bolsa “sem trabalhar”- como confessou – sugerindo ao Governo a cobrança de um imposto sobre o excedente às altas fortunas.

Nenhum governo da direita – e até da esquerda – admite “quebrar” as Bolsas de Valores.

Perder vida por inanição é aceitável….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =