Núbia Cozzolino, ex-prefeita de Magé, é presa novamente

Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), prendeu, nesta sexta-feira (24/05), a ex-deputada e ex-prefeita de Magé Núbia Cozzolino por ocultação de documentos da prefeitura de Magé, para benefício próprio e em prejuízo ao município.

A denúncia relata que no dia 1º de novembro de 2018, durante a deflagração da segunda fase da Operação Resgate, foram localizados e apreendidos 459 procedimentos administrativos da prefeitura municipal de Magé no escritório da denunciada Núbia Cozzolino. Segundo o MPRJ, ela ocultava os documentos de forma indevida desde a época em que foi afastada do cargo de Prefeita por decisão judicial, em 2009.

Ainda de acordo com o MPRJ, a retirada desses documentos das dependências da prefeitura teve o propósito de ocultar centenas de ilegalidades constantes desses autos. Diante dos fatos, ela foi denunciada por supressão de documento público, cuja pena é de dois a seis anos de prisão.

Núbia Cozzolino foi levada para a Cidade da Polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =