Novo protesto acontece no Clube Tamoio

Um pequeno grupo com cerca de 30 pessoas voltou a se reunir em frente à sede social do Clube Tamoio, na Av. Presidente Kennedy, Zé Garoto, São Gonçalo, na manhã desta segunda-feira (22), para dar continuidade aos protestos contra a decisão judicial que determinou a reintegração de posse do clube em favor dos novos proprietários.

O protesto mais uma vez contou com a presença de sócios, funcionários, locatários e frequentadores do clube.
Durante a manhã de hoje, várias pessoas se dirigiram ao local em busca de alguma atualização sobre a situação do clube.

Membros da diretoria do Tamoio estiveram no local e esclarecem que seguem lutando para reverter a situação na Justiça. Os advogados que representam o clube informaram que conseguiram, no último sábado, uma liminar do plantão judiciário que impede qualquer demolição ou demais danos às edificações.

A liminar propõe os seguintes itens:

1 – o esvaziamento de piscinas, ou demais atos de gestão não afrontam o tombamento municipal;

2 – a estrutura física que pertencia ao clube, com a arrematação, passa à propriedade do arrematante, não havendo mais que se falar em sócios do clube utilizarem tais dependências;

3 – todo o processo apresentou publicidade, respeitando o contraditório e ampla defesa, sendo a decisão de imissão na posse consequência direta das decisões judiciais já ocorridas, inclusive oriundas da 02ª instância do E.TRT01;

4 – não há que se falar em efeito suspensivo, tendo em vista esta não ser a regra, salvo decisão judicial conferindo tal efeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.