Novo ambulatório do Huap deve atender 2 milhões de pessoas

Geovanne Mendes –

Está marcado para esta quarta-feira (05) a inauguração do novo Complexo Ambulatorial do Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap), no Centro, que desde 2012 vinha sendo executado através de realização do projeto e o andamento da obra física. O ambulatório anterior possuía uma infraestrutura defasada, desde a década de 50. Este será o mais novo e moderno centro de atendimento aos usuários do SUS da Região Metropolitana II, ou seja, atenderá a população de Niterói, Itaboraí, Maricá, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá. Com todo esse contingente, a expectativa é de que a abrangência estimada seja em mais de dois milhões de habitantes. Com um investimento da ordem de R$ 15 milhões, incluindo projeto executivo, execução da obra propriamente dita, infraestrutura de rede, mobiliário, equipamentos médico-hospitalares, sistema de chamada do paciente e sinalização visual, o Complexo Ambulatorial passou pelo crivo da Anvisa e da equipe técnica do MEC tendo garantida sua adequação às normas vigentes.

O Complexo Ambulatorial é a principal porta de entrada do Hospital Universitário Antonio Pedro realizando o diagnóstico e a orientação terapêutica de pacientes de média e alta complexidade. No espaço do ambulatório, estão dispostos balcões informativos para orientação e atendimento aos pacientes, e salas de espera amplas e confortáveis, o que proporcionará a melhora do fluxo existente, além gerar rotas de fuga alternativas.

O Huap disponibiliza o atendimento em diversas especialidades tais como cardiologia, clínica médica, dermatologia, nefrologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia, obstetrícia, mastologia, neonatologia, hematologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, neurologia, neurocirurgia, proctologia, geriatria, pediatria, imunologia, nutrição e serviço social.

Originalmente disposto em apenas um pavimento, o Complexo Ambulatorial do Huap foi acrescido em cerca de 50% da área original com mais um pavimento, reorganizado segundo circulações principais, rotas de fuga e áreas de espera estratégicas com balcões informativos atendendo a um determinado grupo de ambientes destinados ao cuidado do paciente.

O Complexo Ambulatorial do Huap disponibiliza 94 ambientes destinados ao cuidado terapêutico do paciente incluindo consultórios, salas de terapias e um Centro Cirúrgico Ambulatorial composto de duas salas cirúrgicas com toda a infraestrutura necessária a um atendimento seguro e de qualidade para o paciente e equipe de saúde.

Emergência
A emergência do Huap está funcionando normalmente. Na semana passada, A Tribuna mostrou que o setor estava fechado e encaminhando os pacientes para outras unidades hospitalares da região. O local foi reaberto na última sexta pela direção e hoje funciona normalmente. Antes 24 pessoas ocupavam a emergência, que possui apenas 16 leitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − seis =